Seja bem-vindo!

Olá,venha ser membro do nosso fórum!

Aqui você encontrará varias novidades do mundo dos Cavaleiros do Zodíaco!!!

Venha e divirta-se com novidades, Torneio de fotos e concursos de Banners!

Mostre a todos a sua coleção! A foto mais legal ganhará destaque em nosso fórum!

Abraços!

Administradores!

Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
cavaleiro de Prata NV 149
cavaleiro de Prata NV 149
Masculino Virgem Cachorro
Data de inscrição : 10/06/2010
Número de Mensagens : 1546
Data de nascimento : 22/09/1982
Idade : 34
Localização : Serra/ES
Emprego/lazer : Gerente de Casa Noturna
Humor : Simpatico
0 / 1000 / 100

Ver perfil do usuário

Texto escrito por um fan!! tb sobre o jogo do CDZ

em Sex 13 Jan 2012 - 15:30
Então gente em um topico sobre o jogo do cdz esse user Lara538_EX 1° texto e |Schneider| 2° texto fizeram um texto um foda sobre o Cdz, achei legal colocar aki tb para a galera dar uma lida, eu particulamente adorei os 2 textos e concordo com 99% das coisas escritas.
espero que gostem e deem sua opinião.
aki o link do topico
http://forum.jogos.uol.com.br/saint-seiya-senki-topico-oficial-jogo-saint-seiya-senki-sera-lancado-oficialmente-no-brasil_t_1544833?page=45


"Só achei esse tópico agora (que droga!).

Já tenho o jogo e estou a
mais algumas horas de platiná-lo (tenho +-50 horas atualmente).
Recomendo muito, pra quem é fã não tem como se decepcionar, o modo Story
é muito robusto (diversas cutscenes, aborda side-stories dentro da Saga
do Santuário -como Marin indo à Star Hill, Ikki passando pelas casas do
zodíaco até a sala do mestre e encontrando Shiryu, Hyoga e Shun nas
últimas, a épica fuga de Aiolos do Santuário...), o Co-op eu achei bem
legal, e o modo de missões tem algumas que servem para realmente te
desafiar.


Eu queria também voltar a discussão cavaleiros de bronze vs cavaleiros de ouro.
Uma coisa que achei interessante é como os bronzeados foram se aprimorando dentro da própria batalha das 12 casas.
Nos
seus primeiros confrontos Seiya dependeu da confiança que conquistou de
Aldebaran e do sacrefício de Cassius para se safar da morte, mas ele
não só apanhou nessas lutas, ele foi capaz de em um surto de força
quebrar o chifre dourado do Touro e se esquivar dos golpes a velocidade
da luz de Aiolia, contra-atacando-o diretamente com um chute.
O mesmo
acontece com Shun que se safa da armadilha de Saga na Casa de Gêmeos,
conseguindo o atacá-lo na Sala do Mestre com a "Onda Relâmpago", após
passar por mals bocados e ter Hyoga tragado pela "Outra Dimensão".
Shiryu
tem problemas contra o Máscara da Morte, que já tinha humilhado o
Dragão no seu duelo anterior nos 5 Picos de Rozan, sendo salvo do
Sekishiki graças a Atena e Shunrei, mas consegue virar a luta após
Máscara da Morte atacar Shunrei, enfurecendo Shiryu, que ainda viu seu
adversário ser abandonado pela própria armadura.
Já Hyoga teve o
confronto mais desigual de todos, seu primeiro embate contra Camus, onde
seu mestre testou se seu discípulo estava realmente apto a despertar o
sétimo sentido, e Camus acabou por se convencer que os sentimentos de
Hyoga por sua mãe o privariam de despertar o seu cosmo máximo,
tornando-o um adversário frágil que não faria frente aos demais
cavaleiros de ouro, sendo assim o mestre decidiu que ele mesmo acabaria
com seu discípulo, porém ainda incapaz de matá-lo, Camus apenas congela
Hyoga, em uma prisão da qual pensava que o Cisne seria incapaz de
escapar. Mas, salvo graças a seus companheiros, Hyoga luta contra Milo e
mostra uma disposição totalmente diferente, Milo explica que Camus quis
apenas poupar seu discípulo e que Hyoga deveria se dar conta do
verdadeiro desejo de seu mestre, mas Hyoga contra-argumenta dizendo que
sua nova vida lhe foi dada por seus amigos e que seu destino seria o
mesmo que o deles: lutar. E, enquanto Milo acertou apenas Antares em
Hyoga, o cavaleiro de bronze acertou todos os pontos da constelação de
escorpião no corpo de Milo em um único ataque, congelando
superficialmente a armadura de ouro. Milo relembra que os pontos da
constelação protetora de um cavaleiro são como seus pontos vitais e que
enquanto ele disparou 1 golpe, Hyoga disparou 15, Milo estava vivo
graças a proteção da armadura de ouro. milo duvida então de seus ideais e
deixa Hyoga seguir adiante.

As batalhas seguintes contra Shura,
Camus, Afrodite e Saga são lutas de vida ou morte e em cada uma delas os
cavaleiros de bronze superam seus adversários, mas por causa da força
dos mesmos os jovens guerreiros ficam a beira da morte sendo salvos por
Atena, recuperada da flecha dourada."

"Sobre o debate... Realmente, assim como boa parte dos animes que vão às
frentes no comércio de outros produtos, Saint Seiya sofre de graves
ataques comerciais. Sofreu na série original, sofreu nas versões
europeias, latinas e até nas versões locais (em geral, para nós
brasileiros o erro mais famoso pode ter sido a troca proposital de
certos nomes).


Porém... É certo de que a obra está longe de
um caça-níqueis e certamente pode ser analisada por contextos canônicos
lógicos. É um dos grandes equívocos de hoje pensar em certas séries
antigas como "quebradas" em construção, tanto por determinados fatores
de algumas delas quanto, talvez, pelo fato de alguns clichês de hoje
terem sido a novidade de ontem, causando uma vista exageradamente
negativa, bem além do merecimento. É parecido com a falsa noção sobre
DBZ que as pessoas têm, dizendo que se resume a "secundários apanham,
Goku mata", quando o protagonista só realmente deu cabo de um grande
vilão em toda a série e nunca sozinho.


O
grande impacto comercial de Saint Seiya veio em forma de fillers,
partes não canônicas. A verdade é que todas as indagações que você fez
são facílimas de se explicar. Dócrates, Abel, Asgard, Cavaleiros de Aço e
alguns outros personagens/acontecimentod foram criados pela TOEI em
vez do próprio Kurumada. E bem, a Toei obviamente não tinha a mesma
noção de fatos sobre a obra em relação a seu criador, ainda que eu
particularmente tenha achado a saga de Asgard interessante pela
construção de seus personagens.


Outro equívoco é sobre essa
parte estratégica. Primeiro a noção de que simplesmente "queimam o cosmo
e derrotam". Bem, se você acompanhou nosso pequeno debate, está mais
que provado o contrário. As derrotas não vêm pela força e muitas vezes a
inteligência também não bastou. Foram batalhas realmente duras. Também
há a noção generalizada de que todas as técnicas só têm uma natureza e
mudam de cor, também figurando em Dragon Ball. Penso que esta veio dos
jogos, que fazem isso acontecer neles (foi até motivo de crítica de
fãs). Não que eu ache que isso teria sido um erro, seria como uma guerra
de infantaria com armas de fogo ou uma luta de boxe.


Mas o
pior é que não é o caso. Existem decerto princípios que podem ser vistos
em várias técnicas, sobretudo quanto a serem de "impacto" (também comum
a quase todo anime), mas existem sim diferenças substanciais em
quantidade para que não consideremos isso um simples show de luzes. A
estratégia é necessária e foi empregada múltiplas vezes na série. Como
falávamos das doze casas, vou exemplificar começando de baixo. É um bom
exemplo porque tem um número suficiente de técnicas para que não seja
preciso citar outros nomes.


A Parede de Cristal de Mu é uma
ótima defesa e armadilha, sendo invisível ao olho nu e refletindo
ataques de não todos, mas vários tipos. A Revolução Estelar se baseia no
lançamento de projéteis cósmicos formados com o famoso pó de estrelas
de Mu. Graças à sua telecinésia, mesmo que um adversário segure ou
impeça os projéteis, não tocará os punhos de Mu, visto este ser um
ataque imbuído de outra natureza(espalhar partículas por
cosmo+telecinese). A Extinção Estelar é visualmente um enorme pilar de
energia que pode desde desintegrar um indivíduo que é pêgo dentro de seu
alcance estruturado como transportá-lo a outro local. Temos também a
Rede de Cristal que utiliza dos mesmos conceitos temáticos com a adição
do teletransporte, outra técnica bastante útil, criando uma rede formada
por rastros de pó de estrelas que pode ser uma armadilha tão boa ou
melhor que a primeira técnica citada. Se pudermos notar como e em que
situações utilizaríamos tais técnicas, vemos claramente que não é só uma
questão de intensidade.


O próximo na fila já foi citado
(Aldebaran), é até mostrado um flashback do Seiya treinando com a
espada. Ele precisou usar do mesmo conceito de parar o saque de uma
espada ao estilo Iaijutsu, o mesmo princípio da técnica do Touro. Ele
precisou aplicar este princípio para prevenir que fosse atingido.


Em
Gêmeos a inteligência foi a moeda da vez. Shiryu levou vantagem de
concentração pela cegueira, enquanto a outra dupla resolveu a questão de
outra forma, ainda que tenham terminado num "meio-desastre". O Câncer
demonstrou uma técnica específica de natureza espiritual que faz conexão
com o Yomotsu, o Leão contou com sua distribuição nada ortodoxa de
feixes de luz, exigindo uma equiva bem além do linear, em Virgem temos
múltiplas técnicas, mas a final se focando na privação dos cinco
sentidos... Eu poderia citar naturezas distintas para cada um dos
ocupantes das casas. Vamos ver também que cada vitória foi diferente,
jamais uma mesma técnica aplicada da mesma forma terminou um duelo desta
saga.


Isso não se aplica só às Doze Casas. Lembram-se de
que, em Poseidon, Seiya teve uma facilidade contra a técnica primária de
Bian? Foi mostrado que a manipulação orbital de ventos utilizada pelo
Marina seguia o mesmo princípio da técnica de Misty, cavaleiro que Seiya
derrotou no passado. Ou que tal as lutas contra o marina de Lymnades,
que se valeu quase que exclusivamente das brechas sentimentais de seus
adversários? E Io de Scylla com suas seis bestas? Mais uma vez temos o
marina vencido com a adaptação e ataque aos pontos fracos, agora
ocasionados pela Corrente de Andrômeda, que tomou diversas formas
físicas de encaixe. Estes últimos embates citados foram bastante úteis
para mostrar que um cavaleiro A pode vencer B e perder de C, enquanto o
cavaleiro B vence A, mas perde de B. Ou seja, é extremamente importante a
natureza da técnica e/ou experiência de cada um.


É
engraçado que muitos se negam a notar isso e, como consequência,
criticam que as coisas são inconstantes e desbalanceadas porque fulano
venceu um teoricamente mais forte e perdeu de um teoricamente mais
fraco. Muitas vezes é aí que a estratégia e situações decorrentes
precisavam ser avaliadas.


E é claro, essas diferenças não se
limitam às sagas que são consideradas mais bem-estruturadas. Que tal a
luta contra Algol de Perseu, em que a única solução veio quando Shiryu
cegou a si mesmo? Ou até algo mais focado em pós-efeito como o Pégaso
Negro, que apesar de ser lento, tem um ataque perigosíssimo de se entrar
em contato com a pele. Ou até mesmo na guerra galáctica, desde garras
que se descolam e injetam veneno até coisas banais como a técnica de
Geki que basicamente consiste no estrangulamento bem focalizado.


É
outra coisa que poderíamos dar exemplos e mais exemplos, passando pelas
técnicas musicais, técnicas com elementos da natureza e seus efeitos,
ilusões, golpes psíquicos, controle cerebral e hipnose, pontos fortes e
fracos de técnicas de impacto simples, técnicas suicidas, formas de
paralisia, etc, etc, etc.... Sempre será verdade que teremos rajadas e
nosso bom e velho "ataque de impacto simples altamente concentrado", mas
dizer que só mudam as cores ou que só lutam de uma mesma maneira chega a
ser risível. Não deixo de pensar que esse "consenso atual" tenha sido
influenciado pelos jogos da franquia.


E falando em "consenso
atual", também fala-se da personalidade dos personagens. Saint Seiya é
interessante por retratar uma guerra focada no melodrama do enredo mesmo
quando se apresenta o passado de alguém. Muitos dos animes de hojem se
valem do efeito de traços de personalidade propositalmente fortes. Às
vezes chegam a exagerar, algo bem "POW! VEJA, ESTE SOU EU!".


Saint
Seiya fala de uma guerra santa, os personagens tendem a ser mais
neutros, mais naturais e focados naquele enredo. Estar focado no
cumprimento do dever é o que se esperaria de qualquer bom soldado,
distrações e futilidades são perigosas durante um conflito. Não que
percam suas personalidades, passa longe disso, mas há pouco egocentrismo
na série a partir das sagas mais sérias. Só que pelo fato de não
demonstrarem isso com a mesma ênfase ou da mesma forma estrondosa,
muitos apontam como falta. É uma pena que a sutileza não seja apreciada,
mas está tudo bem quando é preferência de estilo.


Com
bastante pesquisa em mitologia, mensagens filosóficas e estrutura
organizada e bem utilizada (falo das "patentes" dos combatentes de cada
reino e a forma como são retratadas), pode ter certeza de que há um
mérito bem além da simples nostalgia. É verdade que há furos de enredo
(menos do que dizem!) e certas ideias foram implementadas de forma
fraca. Porém, uma coisa é certa: você pode ter plena segurança de que,
ao vislumbrar Saint Seiya, você está diante de uma obra de arte de
conteúdo.

____________________________________________________________________________________________


Vinte anos da sua partida, vinte anos sem a maior voz da musica.
we still love you !!!!!
Freddie
avatar
Cavaleiro de Bronze NV 78
Cavaleiro de Bronze NV 78
Masculino Áries Tigre
Data de inscrição : 22/11/2011
Número de Mensagens : 317
Data de nascimento : 05/04/1986
Idade : 31
Localização : Recife - Pernambuco
0 / 1000 / 100

Ver perfil do usuáriohttp://www.elrondbruno.blogspot.com

Re: Texto escrito por um fan!! tb sobre o jogo do CDZ

em Ter 31 Jan 2012 - 10:01
O texto realmente foi escrito por um fan, observa-se de cara que o mesmo negligencia muitos aspectos.
Não me leve a mal, primeiro, não falo mal da série...furos ou não entenda como licença poética do autor, ele tem o direito de fazer o que quiser...a obra é dele.
Mas pesquisa de mitologia? Athena não era Deusa de Guerra e sim de sabedoria, ARES é o Deus da guerra... Sem falar nos filmes, como Athena enfrenta Lucifer, um deus Grego enfrentando o Demônio Cristão...Muita coisa non sense, nesse sentido!
Se queria fazer algo assim, já que havia se entrado na mitologia nórdica porque não enfrentar os Deuses Hindus? Egípcios? Ou Athena enfrenta Minerva que deseja seu lugar como verdadeira Deusa, e para isso tem suas versões dos Cavaleiros....(Uma vez que Minerva é o nome dado a Deusa Athena pelos Romanos)
Não crítico a série...como já falei, é licença poética, tem furos absais entre muitos filmes e a série...nem comento, dentro da série tem seus problemas, sem dúvidas...
Mas é uma série que embalou nossa juventude e que nos fez ter interesse por história...mas que a mitologia ali muitas vezes está tronxíssima, isso tá...
Porém, não meramente o conteúdo histórico que me atrai em Sanit Seya, é a forma como é posta...o única coisa que eu mudaria era o nome, eu colocaria Saint Ikki, Saint Hyoga, Qualquer um, mas Seiya é um dos personagens que mais vi fans dizendo que preferia que ele morresse!!!
Acho que ele tem menos apelo que muitos dos outros personagens...Acho que outros estavam muito mais a frente dele.
Essa é minha opinião...mas o autor gostava dele e sempre puxava a sardinha pro lado dele...hehehehe
É isso aí...Com relação a questão de ser mais que jogo de luz,concordo, estratégia de batalha foi muito usado....mas já em campo...já no confronto...porque antes a estratégia de maneira geral era, vamos subir e derrotar os adversários...vamos derrotar os adversários e pegar as safiras de Odin, vamos derrotar os adversários e destruir os pilares, vamos derrotar os adversários e matar Hades..
Acho que muitos reclamam disso...
Mas no caso micro, efetivamente a estratégia é usada como forma de derrotar cada adversário...O que dificulta para muitos e que pode vir a gerar problemas é o seguinte:
Não há sequer um estudo sobre os adversários...eles usam estratégia adaptativa, criando tudo na hora, ninguém conhece os adversários, ninguém sabe contra o que ou quem vão lutar, simplesmente chegam e vão descendo porrada sem saber o que está para acontecer...isso é verdade...
Voltando só frisando, é uma série que visa ser divertida e não um poço de correção militar de guerra ou coisa assim!
Mas o post tá bem bacana!!
avatar
Cavaleiro de Ouro de Câncer NV 189
Cavaleiro de Ouro de Câncer NV 189
Masculino Capricórnio Gato
Data de inscrição : 13/06/2010
Número de Mensagens : 3193
Data de nascimento : 13/01/1988
Idade : 29
0 / 1000 / 100

Ver perfil do usuário

Re: Texto escrito por um fan!! tb sobre o jogo do CDZ

em Ter 31 Jan 2012 - 10:45
@Bruno-Áries escreveu:O texto realmente foi escrito por um fan, observa-se de cara que o mesmo negligencia muitos aspectos.
Não me leve a mal, primeiro, não falo mal da série...furos ou não entenda como licença poética do autor, ele tem o direito de fazer o que quiser...a obra é dele.
Mas pesquisa de mitologia? Athena não era Deusa de Guerra e sim de sabedoria, ARES é o Deus da guerra... Sem falar nos filmes, como Athena enfrenta Lucifer, um deus Grego enfrentando o Demônio Cristão...Muita coisa non sense, nesse sentido!
Se queria fazer algo assim, já que havia se entrado na mitologia nórdica porque não enfrentar os Deuses Hindus? Egípcios? Ou Athena enfrenta Minerva que deseja seu lugar como verdadeira Deusa, e para isso tem suas versões dos Cavaleiros....(Uma vez que Minerva é o nome dado a Deusa Athena pelos Romanos)
Não crítico a série...como já falei, é licença poética, tem furos absais entre muitos filmes e a série...nem comento, dentro da série tem seus problemas, sem dúvidas...
Mas é uma série que embalou nossa juventude e que nos fez ter interesse por história...mas que a mitologia ali muitas vezes está tronxíssima, isso tá...

Athena realmente era a deusa da guerra , da sabedoria e da mediação. Os deuses romanos, gregos, egípcíos e fenícios possuíam conotações diferentes para cada templo. Era como a virgem maria hoje em dia, tem virgem de fátima, virgem de aparecida, nossa senhora da conceição. É a mesma coisa. Athena era a "deusa de muitos talentos". Era a filha favorita de Zeus. Se quiser discutir fontes, eu tenho um monte aqui. Mas realmente botar lúcifer alí no meio não tem nada a ver.

O que eu não gosto tanto de Saint Seiya é o favoritismo exagerado com os bronzeados. Menospreza totalmente a hierarquia da série, e os exageros em física e matemática para mim não são "licença poética". Para mim é sinal de um roteiro mal feito. "Se dois cav. de ouro lutarem, será uma guerra de mil dias". Guerra entre 2 pessoas? Se mover mais rápido que a velocidade da luz? Furar uma artéria para parar um sangramento? Levar uma furada no coração e continuar de pé? "Golpe com o poder do big bang"... Mas isso tudo a gente perdoa por fazer parte da infância. Por isso que não consigo respeitar o Next Dimension, que 25 anos depois do início da série, repete as mesmas tosquices, de forma ainda PIOR.

____________________________________________________________________________________________


Clique no banner para visitar minha coleção
avatar
Cavaleiro de Bronze NV 78
Cavaleiro de Bronze NV 78
Masculino Áries Tigre
Data de inscrição : 22/11/2011
Número de Mensagens : 317
Data de nascimento : 05/04/1986
Idade : 31
Localização : Recife - Pernambuco
0 / 1000 / 100

Ver perfil do usuáriohttp://www.elrondbruno.blogspot.com

Re: Texto escrito por um fan!! tb sobre o jogo do CDZ

em Ter 31 Jan 2012 - 10:49
Entendo a crítica Sankari,

Mas se não me engano Athena é a Deusa da ESTRATÉGIA não?
Guerra era Ares...Eu sei porque na astrologia é o Deus que rege os Arianos!
hehehehehehe

Quanto ao resto nada a declarar, o senhor está absolutamente correto!
E o Next Dimension e eles furam o espaço tempo!!!kkkk
avatar
cavaleiro de Prata NV 149
cavaleiro de Prata NV 149
Masculino Virgem Cachorro
Data de inscrição : 10/06/2010
Número de Mensagens : 1546
Data de nascimento : 22/09/1982
Idade : 34
Localização : Serra/ES
Emprego/lazer : Gerente de Casa Noturna
Humor : Simpatico
0 / 1000 / 100

Ver perfil do usuário

Re: Texto escrito por um fan!! tb sobre o jogo do CDZ

em Ter 31 Jan 2012 - 16:33
gostei dos comentarios hein!!!!! vamos comentar mais gente.

t+

____________________________________________________________________________________________


Vinte anos da sua partida, vinte anos sem a maior voz da musica.
we still love you !!!!!
Freddie
Conteúdo patrocinado

Re: Texto escrito por um fan!! tb sobre o jogo do CDZ

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum